<$BlogRSDURL$>
gaveta
15.3.06

da série "frases que não impõem qualquer respeito":
ele é intelectualmente honesto

mas francamente expliquem-me isto da honestidade intelectual. até que ponto se pode ser honesto e quando é que a honestidade é meramente intelectual.

pode dizer-se ah não, ele é um sacana, mas intelectualmente é impecável?

como é que se faz?
lê-se só autores portugueses?
pensa-se em pagar os impostos?
não se plagia ou a malta apenas se abstém de trafulhices intelectualmente significativas?

ligado a isto ou não, acabei de ouvir um senhor engenheiro, numa reportagem muito engraçada a dizer as seguintes palavras quando lhe foi exigida uma base para a sua declaração de que os túneis do metro são completamente seguros:

- não sabemos se os fizemos com cascalho ou betão armado, não vamos furar paredes para o apurar e não tirámos amostras para vos comprovar o que lhes digo, mas acreditem nisto, dizia ele aos repórteres, isto é sólido e seguro.

todo o resto da conversa foi uma barrigada de riso mas ele, ao que parece, foi muito honesto o tempo todo.

<< Home


 

Web Site Counter